sábado, 27 de julho de 2013

CUPCAKE DE CENOURA


Sempre gostei de bolo de cenoura, mas todas as receitas que eu via, e tentava fazer, não eram regulares! As vezes davam certo, as vezes não.

Com a ajuda da minha amiga Marina, percebi que o problema eram as quantidades.

Nas receitas que eu tinha ( experimentei umas cinco desde a adolescência ), as medidas das cenouras eram sempre em unidades: 2 cenouras grandes, ou 3 cenouras médias, ou 5 cenouras pequenas...Só que a referência de tamanho vai de cada pessoa...O que é grande para mim, pode ser médio ou pequeno para outra pessoa, certo?

Sendo assim, as vezes o bolo ficava fofinho, as vezes embatumava...Até que a Marina me disse que na receita que ela faz, a medida era em “gramas”...300 gr de cenoura e sempre dá certo!

Bem, esta é uma receita tradicional de bolo de cenoura, só que eu preparei em forma de cupcake, mas você pode fazer em forma retangular, redonda ou com furo no meio.

O importante é que vai dar certo!


Ingredientes:


  • 300 grs. de cenoura (mais ou menos 3 xícaras)
  • 4 ovos
  • ¾ de xícara de óleo de soja
  • 1 colher cheia de gengibre picado (opcional)
  • 2 xícaras de açúcar
  • 2 ½ xícaras de farinha de trigo
  • 1 colher cheia de fermento em pó


Modo de preparo:


No liquidificador, bata as cenouras, os ovos, o óleo, o gengibre e o açúcar.

Despeje esse creme em uma tigela e, manualmente mexa com um fouet ou uma espátula, enquanto coloca a farinha aos poucos.

Por último acrescente o fermento.

Você pode fazer um bolo inteiro, em uma assadeira normal (sugestão de forma retangular de 30 X 25 cm com 5 cm de altura).

Se quiser fazer os cupcakes, essa receita rende 24 bolinhos.

Você tem que abrir as forminhas de papel e colocar em uma forma para cupcakes ou em forminhas de empada. Também pode usar as de silicone.

Colocar a massa nas forminhas sem encher até a beirada. Deixe pelo menos 1 cm de espaço, pois ele irá crescer.

Assar em forno pré aquecido em 210° por uns 20 minutos,  até crescer e dourar.

Retire do forno e deixe esfriar antes de colocar a cobertura, que eu sugiro, seja um ganache de chocolate meio amargo, que você pode ver a receita clicando AQUI ou na barra de índice, em “Receitas Doces”.


Se quiser, enfeite o cupcake de cenoura com um pouco de chocolate granulado.



GANACHE DE CHOCOLATE - COBERTURA


Esse é um dos cremes mais versáteis que já foi inventado.

Podemos usar a ganache de chocolate como cobertura, como recheio ou até como creme para um delicioso pavê, também pode ser usado como base para fazer um delicioso fondue ou cobrir frutas já frio mesmo, assim como para colocar as colheradas no leite quente e fazer um chocolate quente cremoso.

E a ganache de chocolate é muito fácil de fazer! 

Só que para ser gostoso, lembre-se do que eu sempre digo: Use chocolate de qualidade! Neste caso o "barato sai caro" e você pode perder toda receita com uma economia boba. Então... nada de usar o tal chocolate hidrogenado, pois aquilo nem é chocolate, ok?

Veja como é fácil:


Ingredientes:


  • 200 grs de chocolate em barra para cobertura, meio amargo
  • 200 ml de creme de leite ( 1 caixinha )


Modo de preparo:


Derreta o chocolate seguindo as instruções que vem na embalagem.

Se você preferir derreter em banho Maria, tenha o cuidado de não deixar nenhuma umidade entrar em contato com o chocolate, e se preferir derreter no micro-ondas ( eu prefiro e sempre faço assim ) lembre-se de usar a temperatura média ou baixa conforme a potência do seu aparelho, e mexa pelo menos a cada dois minutos para não esquentar demais em alguns pontos, pois quando isso acontece pode cozinhar ou até queimar o chocolate enquanto outras partes ainda estão endurecidas.

Vá misturando para ficar um derretido homogêneo. 

Quando estiver derretido, misture o creme de leite e estará pronta sua ganache de chocolate.

Fácil, não?

Se você for usar imediatamente, ele estará mais molinho. Se quiser usar o saco de confeitar, então espere algumas horas para ele tomar consistência. Isso pode depender da temperatura ambiente, se for um dia frio será mais rápido, se for um dia quente irá demorar um pouco mais. Só não coloque na geladeira para não endurecer demais.



terça-feira, 23 de julho de 2013

BATATA SUÍÇA

Também é conhecida por "Batata Rosti". É um prato feito a base de batata ralada, frita com algum recheio.

Já vi receitas com algumas pequenas variações na base do preparo e muitas variações no recheio.

Quanto as batatas, algumas pessoas cozinham antes de ralar, já eu prefiro ralar e colocar na frigideira ainda crua mesmo.

Você pode variar o recheio de acordo com seu gosto, e pode até aproveitar carnes ou legumes que sobraram do almoço ou jantar, só que no caso de recheios já cozidos, fica melhor se as batatas forem pré-cozidas também.

Como sugestão de recheios, vou falar o que já usei:

Queijo e presunto.
Quatro queijos.
Queijo, tomate e manjericão.
Queijo e strogonoff de carne (este precisa estar com o molho mais espesso)
E este da foto é o meu preferido: Queijo e abobrinha!



Ingredientes para duas porções:


  • 1 batata grande ralada (mais ou menos 2 xícaras)
  • 1 abobrinha em fatias bem finas
  • 2 fatias de queijo prato (ou a gosto)
  • Sal
  • Ervas secas (ervas de Provence ou ervas finas ou orégano...etc)
  • Óleo suficiente para fritar


Modo de preparo:


Se for ralar a batata com casca, então lave muito bem e seque com papel toalha. 
raladores


Caso prefira sem a casca, descasque e rale no ralador grosso.


fatiador




Fatie a abobrinha preferencialmente com um fatiador, para que as fatias fiquem finas e todas iguais.





Para preparar a 1ª porção, divida a batata ralada em duas partes (mais ou menos 2 xícaras).
foto 1

Pegue metade de 1 xícara e espalhe em uma frigideira pequena com um pouco de óleo, coloque um pouco de sal (foto 1).
foto 2
Leve ao fogo e coloque a seu gosto, algumas fatias de abobrinha (eu coloco bastante, uma quantidade que dá quase 2 cm de altura, como na foto 2), salpique sal e as ervas (as de Provence combinam muito).
foto 3
Cubra com uma fatia de queijo (foto 3) e a outra metade de xícara da batata ralada (foto 4).
foto 4
Espalhe de forma que dê para fechar na borda (apertando um pouco com a escumadeira), fazendo como que uma almofada. Coloque mais um pouco de sal por cima e um pouco de óleo.

Deixe fritar, e de vez em quando levante levemente para ver se precisa de mais óleo. Se precisar, coloque um “fio” pela borda da frigideira.
foto 5
Na hora de virar, o ideal é que você tenha outra frigideira, para poder encaixar e virar sem desmontar tudo  você não se queimar (foto 5).
foto 6
Deixe fritar do outro lado e quando estiver bem dourado (foto 6), retire do fogo e repita o processo para fazer a outra.

Fica bem crocante e deliciosa servida acompanhada de salada de folhas verdes.






sexta-feira, 19 de julho de 2013

ESPAGUETE COM ABOBRINHA E MOZARELA DE BÚFALA


Aqui temos uma receitinha bem leve de massa, para fugir dos molhos brancos ou de tomates, e esta é com abobrinha italiana.

E vamos falar algumas abobrinhas? ..haha... Brincadeira.

Para quem não sabe, existem vários tipos de abóboras e abobrinhas e aqui no Brasil, temos nomes diferentes conforme a região.

Entre as abobrinhas, as mais comuns nas feiras e supermercados do Brasil são a italiana e a brasileira.

Elas têm alguma diferença no formato e pouca diferença no sabor, mas tem! 

A brasileira é um pouco mais firme e tem sementes só na parte mais redonda, mas como na italiana, as sementes são macias e comestíveis.

Para este espaguete com abobrinha, eu usei a tipo italiana.


Ingredientes:

  • ½ pacote de massa tipo espaguete
  • 1 colher de azeite
  • 1 dente de alho espremido
  • ¼ de xícara de água
  • 1 tablete de caldo da sua preferência
  • 1 abobrinha italiana média
  • 2 tomates sem sementes
  • 3 “bolas” de mozarela de búfala ( daquelas que são do tamanho de um ovo )
  • 1 colher de salsa picada
  • Sal e pimenta a gosto


Modo de preparo: 






Corte a abobrinha ao meio, e esta metade, novamente ao meio. Pique em fatias de mais ou menos meio centímetro e reserve ( os pedaços ficarão em forma de leque como a da foto ).





Retire as sementes dos tomates, pique em cubos e reserve.

Em uma panela, coloque o azeite, o alho e refogue um pouco. Em seguida coloque a abobrinha, a água e o caldo esfarelado. Deixe amolecer um pouco e coloque o tomate.

Acerte o sal, pimenta e acrescente a salsa picada.

Coloque nesta mesma panela, o espaguete cozido “al dente”** e escorrido.

Misture e só na hora de servir, acrescente ( ainda na panela ) a mozarela de búfala picada em cubos, pois ela derrete muito fácil e não pode ficar muito tempo no fogo.

Está pronto o espaguete com abobrinha e mozarela de búfala. Sirva imediatamente.

**Para quem não sabe, o ponto "al dente" da massa é quando ela não cozinha totalmente e ainda fica levemente firme. Se você morder a massa e ela estiver com um pontinho branco no centro, ela estará al dente.



quarta-feira, 17 de julho de 2013

SUFLÊ DE CENOURA


Suflê ou Soufflé?

Não sei ao certo como escrever o nome deste prato.

Suflê é uma palavra abrasileirada do francês: soufflé, que traduzido significa “soprado”.
Nome perfeito para um prato que é praticamente metade ar..haha... Ar quente... por isso, quando preparamos um suflê ( ou soufflé ) temos que tirar do forno no minuto de servir, pois assim que entra em contato com o ambiente mais frio que o forno, o ar quente sai e o suflê começa a murchar.

Para comer super quente é difícil, pois podemos queimar a boca... mas pelo menos, podemos ver um prato bonito antes dele murchar ..haha.

E para este suflê de cenoura, você terá que preparar meia receita do CREME DE CENOURA, que eu já postei aqui no blog ( e você pode ver a receita clicando AQUI, ou na barra do índice em "Receitas Salgadas" > "acompanhamento ou guarnição" ).


Ingredientes:


  • ½ receita do CREME DE CENOURA
  • ½ xícara de queijo parmesão ralado
  • 1 colher de requeijão
  • 1 pitada de sal ( ou a gosto )
  • 4 ovos


Modo de preparo:


Separe as claras das gemas. Reserve as claras para bater em neve só na hora de misturar.
Misture as gemas ao creme de cenoura ( que deve estar frio ), assim como o requeijão e o parmesão ralado.

Acerte o sal e reserve.

Bata as claras e quando estiver em ponto de neve, misture com muita delicadeza ao creme.

Coloque em um refratário alto ( tipo tigela ) de 20 cm de diâmetro com 10 cm de altura, untado com azeite, e leve para assar em forno pré aquecido a 260° até ficar levemente dourado.

O seu suflê de cenoura irá ficar com uma casquinha em cima e por dentro fica um pouco mole ( mas não estará cru ), esta casquinha que irá segurar o ar quente e fazer o suflê crescer.

Como por dentro estará mais mole, você deve servir imediatamente, mas como já disse, mais pela beleza pois ele abaixa assim que tiramos um pedaço.




terça-feira, 16 de julho de 2013

CREME DE CENOURA


Este creme de cenoura é uma guarnição ou um acompanhamento para carnes, aves e até peixes que são preparados sem muito molho. 
Também é a base para um gostoso SUFLÊ DE CENOURA ( ou soufflé, como é em francês ) que vou ensinar depois em outra postagem.
Lembro bem que minha mãe preparava esta receita que ela retirou do livro "Garfo e Colher", e na receita original no livro, dizia que era para misturar com arroz cozido, para ficar um arroz cremoso. Na primeira vez que minha mãe fez assim, ninguém gostou muito e não fez sucesso. Depois disso ela passou a preparar e servir a parte, como guarnição.
Um creme de cenoura é uma boa sugestão para comer cenouras de uma forma diferente e a maioria das crianças adora.

Veja como é fácil de fazer:



Ingredientes: 


  • 2 cenouras médias raladas
  • 1 e ½ copos de água
  • 2 tabletes de caldo de legumes ( se você quiser usar caldo caseiro, considere a quantidade dos copos de água )
  • 1 e ½ copo de leite
  • 3 colheres de amido de milho
  • Alho a gosto
  • Sal a gosto



Modo de preparo: 


Em uma panela, coloque a cenoura ralada, o alho, a água e os tabletes de caldo. 

Deixe ferver até dissolver totalmente os tabletes de caldo.
Coloque 1 copo de leite e acerte o sal.
Em ½ copo de leite, dissolva o amido de milho. Abaixe o fogo, e despeje devagar mexendo sempre.
Quando engrossar, cozinhe mais 1 ou 2 minutos, mexendo sempre.
Sirva este creme de cenoura como guarnição para pratos como PEITO DE FRANGO COM MOLHO RÚSTICO, PEIXE COM LEGUMES ou até um QUIBE ASSADO .
Se for utilizar o creme de cenoura para fazer o suflê, é preciso deixar esfriar antes.

A receita do SUFLÊ DE CENOURA você pode ver clicando AQUI, ou na barra de índice em "Receitas Salgadas" > "Acompanhamentos ou guarnição".

sábado, 13 de julho de 2013

PÃO DE LÓ DE CHOCOLATE


Recebi uma pergunta, através das mensagens do youtube, onde tenho o vídeo “Fazendo o pão de ló” para o bolo xadrez, e a Rosilene me perguntou se com aquela receita, daria para fazer um pão de ló de chocolate.

A incrível coincidência foi que na mesma manhã, eu havia pensado em fazer uma experiência, utilizando esta receita e acrescentando chocolate em pó na massa para ver o resultado final, já que o chocolate altera a textura das receitas.

Bem, como já disse, as quantidades são as mesmas, só adicionei 3 colheres de chocolate em pó.

Mas foi CHOCOLATE EM PÓ!! Não foi achocolatado, ok?

O resultado foi este da foto. E eu posso dizer que ficou igual ao outro, com textura macia e maleável para se trabalhar, porém, com sabor de chocolate, claro!..rs.

Se for acompanhar o vídeo de como fazer, clique AQUI, só não esqueça que no vídeo é um pão de ló branco.


Ingredientes do pão de ló:

  • 5 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 xícara de leite fervendo
  • 1 xícara de amido de milho
  • 1 ¾  xícaras de farinha de trigo
  • 3 colheres de chocolate em pó
  • 1 colher de sopa de fermento em pó


Modo de preparo:

*O modo de preparo é igual ao do outro, só acrescentando o chocolate aos ingredientes secos, para ter um delicioso pão de ló de chocolate.*

Na batedeira, bata as claras em neve e quando estiver durinha vá colocando as gemas uma a uma batendo sem parar.

Coloque o açúcar “polvilhando”, pois se jogar tudo de uma vez na tigela, apesar de estar batendo, vai afundar um pouco e perder o aerado.

Enquanto deixa essa mistura batendo, coloque o leite para ferver. Fique de olho, pois quando o leite subir, imediatamente você irá colocar na mistura em forma de “fio”, aos pouquinhos e batendo sempre.

*Isso vai cozinhar um pouco os ovos.*

Enquanto essa mistura está batendo, coloque em uma vasilha os ingredientes secos e misture (inclusive o fermento).

Quando sentir que a tigela está fria novamente, desligue a batedeira.

Vá peneirando aos poucos os ingredientes secos já misturados, sobre a massa enquanto mexe com o fouet.

Mexa com um fouet preferencialmente, mas na falta dele, você pode mexer com outro utensílio, desde que de forma bem delicada, de baixo para cima.
Quando estiver misturado sem mexer demais, jogue a massa em uma forma (sugestão de forma redonda de mais ou menos 28cm de diâmetro com 5 cm de altura), untada e enfarinhada.

Leve ao forno pré-aquecido em mais ou menos 210° por uns 30 minutos (isso depende do seu forno, claro!) Retire quando estiver bem corado.

Como já disse, o resultado quanto a textura é o mesmo do pão de ló branco.

Este pão de ló de chocolate eu cobri com um creminho tipo “calda”, super fácil de fazer, que você pode ver a receita clicando AQUI ou procure na aba do índice, em "Receitas Doces" > "RECHEIOS E COBERTURAS" > COBERTURA DE CHOCOLATE.





COBERTURA DE CHOCOLATE



Esta cobertura de chocolate é quase como uma “calda”, mas não vai ao fogo.

É muito fácil e rápida de fazer. Eu uso o cream cheese mas se você não tiver a disposição, se não gostar ou se preferir não usar, é só diminuir a quantidade de leite, mas também não ficará cremosa como a da foto e terá uma textura bem diferente.

Veja como é fácil:


Ingredientes:

  • 10 colheres de açúcar ( use o refinado pois o açúcar cristal não derrete bem )
  • 3 colheres de cacau em pó ( ou chocolate em pó )
  • 3 colheres de cream cheese
  • 3 colheres de leite (mais ou menos)


Modo de preparo:


*Dê preferência ao cacau em pó, pois ele é pouco doce e como já tem bastante açúcar na receita ( e o açúcar é importante para dar volume, quantidade e textura ) assim ficará equilibrado. Evite ao máximo usar achocolatado.*

Coloque o açúcar, o cacau em pó e o cream cheese em uma tigela, misture um pouco e vá acrescentando o leite até dar o ponto de “chocolate derretido”. Pode ser que você nem precise usar toda quantidade de leite que está na receita.

Despeje sobre o bolo e espalhe.


Se você quiser servir a parte, para cada pessoa colocar sobre a fatia no prato, procure deixar um pouco mais mole, para isso, coloque um pouco mais de leite e sirva em uma molheira ou tigelinha.

Esta cobertura foi a que eu usei no PÃO DE LÓ DE CHOCOLATE, e se você quiser ver esta receita é só clicar AQUI, ou ir na barra de índice do blog em "Receitas Doces" > "BOLOS".

Mas ela também fica muito gostosa em bolos brancos ( em um bolo de coco fica uma delícia ) ou para um bolo de cenoura. 

E falando em bolo de cenoura, temos uma receita muito boa aqui no blog, mas está como CUPCAKE DE CENOURA e você pode conferir clicando AQUI, ou na barra de índice em "Receitas Doces" > "BOLOS".

Bom apetite!