segunda-feira, 1 de julho de 2013

ARROZ CARRETEIRO DO NELSON



Nelson é meu marido. Ele é gaúcho e me ensinou esta receita.

*Aqui acho que vale um parêntese:

Como sei que este blog é lido em alguns países na Europa (e em outros pelo mundo), acho que preciso explicar que, gaúcha é a pessoa que nasce na região Sul do Brasil, mais especificamente no estado do Rio Grande do Sul.

Ok...Existem os gaúchos argentinos também, mas o “meu” é brasileiro..rs...e o arroz carreteiro é um prato típico da região Sul do Brasil.

Aqui tenho uma colaboração do meu marido, que escreveu uma história bem resumida sobre este prato regional:

“Nos idos tempos de deslocamentos de tropeiros pelos pampas gaúchos surge um dos mais deliciosos pratos tradicionais da culinária regional, qual seja o “arroz de carreteiro”.

Nos pampas gaúchos, o verão é causticante e o inverno rigoroso e cortante pelo vento minuano. Nem sempre o chimarrão quente é capaz de suavizar o rigor do clima, nem só o churrasco é capaz de fornecer o  sustento a resistência dos tropeiros, algo mais substancioso deveria ser acrescentado a alimentação.

O carreteiro transportava todos os utensílios necessários a rude jornada, inclusive o “charque”, carne salgada e secada à sombra, que cortada em pequenos pedaços colocada na panela de ferro juntando arroz, banha, e tivesse cebola picada, água, deixando a cozer e ferver à gosto ou o quanto o vento deixava surge o suculento “arroz de carreteiro”.

O gaúcho diz que o sabor de comer o “arroz de carreteiro” se confunde com o prazer de viver nestes pagos abençoados.”

Para quem quiser saber mais, sugerimos o site: www.paginadogaucho.com.br

A receita original, também conhecida somente por CARRETEIRO, é feita com charque (carne seca, carne de sol), já me falaram que pode ser feito com carne fresca, que tem que ser bem frita e temperada, mas meu marido falou desta receita, para aproveitar linguiças e carnes assadas que sobram de churrascos.

E é essa forma de preparo que falar como eu preparo uma "panelona" suficiente para umas 6 porções muito generosas.


Ingredientes:

  • 1 e ½ copos de arroz
  • 2 xícaras de carne de churrasco picada em cubos
  • 1 cebola picada (mais ou menos ½ xícara)
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 tablete de caldo de carne
  • Sal
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 5 copos de água


Modo de preparo:


Colocar na panela, o óleo, a cebola picada e o alho, refogar um pouco. Colocar a carne picada e deixar fritar até quase queimar, deixando o fundo da panela ficar bem escurinho.

Acrescentar o arroz, a água, o tablete de caldo esfarelado para derreter mais rápido e só depois que começar a ferver e o caldo estiver totalmente desmanchado, acerte o sal.

Atenção: não esqueça que a carne do churrasco já estava salgada e irá soltar sabor com a fervura, por isso, cuidado na hora de colocar o sal.

Ferver em fogo baixo e com a panela tampada.

Quando a água secar um pouco, mexer com delicadeza, para colocar para cima o arroz que está embaixo, depois, deixe terminar de secar e estará pronto.

É um prato único, mas será bem acompanhado de legumes ou uma salada.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer comentar? Escreva aqui.