sexta-feira, 15 de novembro de 2013

BRIGADEIRO BRANCO


O brigadeiro mais famoso é o escuro, com chocolate na receita**.

No caso deste brigadeiro (o branco), ele tem gosto de chocolate branco, mas esse ingrediente não é usado na receita.

Na verdade, o gosto de chocolate branco depende muito do tipo (marca) de granulado usado para enrolar.

Procuro evitar escrever o nome das marcas dos produtos que uso, mas existe uma que faz o granulado branco “macio” e é o que fica mais gostoso.

Acho que qualquer granulado macio é melhor que outro, seja a cor que for. Experimente as marcas e escolha a que mais lhe agradar.

**(Se tiver curiosidade de saber a HISTÓRIA DO BRIGADEIRO (o doce), clique AQUI, ou na aba de índice em “Curiosidades”.)
E vamos à receita.



Ingredientes:

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 gema
  • 1 colher de margarina
  • Granulado branco (preferencialmente o macio)


Modo de preparo:


Em uma panela (preferencialmente com antiaderente), coloque o leite condensado, a gema, a margarina e misture bem.

Leve ao fogo médio/baixo e mexa o tempo todo, em todas as direções passando a espátula nas beiradas, mas sem esfregar muito para não levantar alguma parte que tenha queimado.

Veja a sequencia:





O ponto do doce, ideal para enrolar, é quando você está mexendo e o fundo da panela começa a aparecer, assim como na foto, com “bolhinhas” grudadas na panela. Se você cozinhar demais, ele ficará duro, difícil de enrolar e na hora de comer parece mais uma bala.

Despeje em um prato untado com margarina e deixe esfriar bem antes de enrolar.
PRATO UNTADO

Se o ponto ficou um pouco mole mesmo depois de frio, coloque na geladeira para endurecer um pouco mais e facilitar fazer as bolinhas.

E para enrolar o doce, passe um pouco de margarina na palma das mãos, e com uma colher, pegue um pouco do doce e faça a bolinha, jogando em um prato que já deve ter o chocolate granulado branco.

(brigadeiro mordido..rs...porque ninguém é de ferro..rs)

Passe toda bolinha no granulado, e coloque em forminhas próprias para docinhos.


2 comentários:

Quer comentar? Escreva aqui.