quarta-feira, 14 de agosto de 2013

COMO ESTERILIZAR VIDROS PARA CONSERVAS


Um grande problema com a durabilidade de certos preparados caseiros, sejam doces ou salgados, que são guardados em vidros tampados, é a limpeza ou esterilização destes vidros.

Antes de guardar alguma coisa em um vidro com tampa ( por exemplo, uma geleia ou MORANGOS EM CALDA que você preparou ), você tem que esterilizá-los para eliminar qualquer tipo de contaminação por bactérias ou organismos que podem se desenvolver e estragar o alimento muito mais rápido.

Então, como esterilizar vidros para conservas?

Siga os seguintes passos:

  • Lave bem os vidros e as tampas, com água e detergente. Enxágue.
  • Coloque os vidros e as tampas em uma panela grande com água ( água dentro dos vidros também ) e leve ao fogo.
  • Deixe ferver por uns 10 minutos.
  • Apague o fogo e com a ajuda de uma pinça, tipo pegador de salada ou macarrão, retire a água dos vidros, com eles ainda quentes. Cuidado para não se queimar! O calor fara com que a água escorra e evapore rápido.
  • NÃO USE PANO PARA SECAR. Por mais limpo que o pano esteja, pode sempre ficar alguma contaminação.
  • Para finalizar, o ideal é colocar dentro dos vidros um pouco de álcool de cereais ( o mesmo usado para preparar licores ou perfumes, pois este pode ser ingerido ), tampar e mexer o vidro de forma que o álcool termine a esterilização.
  • Se não for usar os vidros imediatamente, poderá guarda-los assim e jogar o álcool fora na hora que precisar.
  • Não use álcool comum, pois ele é tóxico e não pode ser ingerido, ao contrário do álcool de cereais (que você pode encontrar em casas de produtos naturais ou até em farmácias ).
  • Fica muito melhor se você finalizar com o álcool de cereais, mas se você não tiver e precisar usar os vidros imediatamente, melhor finalizar o processo logo depois que ferver os vidros e a água escorrer.
  • Vale lembrar que as mãos também devem estar sempre muito limpas para fazer a manipulação de conservas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer comentar? Escreva aqui.