quinta-feira, 2 de maio de 2013

SOPA DE ABÓBORA


Um dos meus pratos preferidos é uma boa sopa!

Seja em tempos frios ou quentes. Mas como o pessoal daqui de casa prefere tomar sopa só nos dias frios, acaba que eu sou voto vencido.

Ok...existem as sopas frias, mas eu prefiro as quentes mesmo. Sendo assim, só nas épocas de inverno é que preparo para todos aqui de casa.

Hoje fiz uma bela sopa de abóbora! A preferida do meu filho mais novo.

Lembro que a primeira vez que minha mãe fez uma destas, foi por indicação do meu irmão, que havia provado em um hotel em Caxambú, no sul de Minas Gerais, onde é comum os hotéis oferecerem a “pensão completa”. Neste hotel, para o jantar, eram oferecidos sopas e salgadinhos (me hospedei lá uma vez, mas não me lembro o nome do lugar).

Bem, assim como minha mãe, existem uma série de receitas que faço sem medidas...ou como ela diz: “Por rumo”..rs...ou seja, seguindo a intuição. As sopas estão nesta nossa lista.

Vou falar como eu faço, tentando colocar as quantidades aproximadas, ok?

Para a sopa de abóbora você pode usar qualquer tipo (abóbora de pescoço, moranga, abóbora japonesa). Existe diferença, mas a japonesa é a que fica mais pálida, pois ela tem a cor mais esverdeada.


Esta da foto foi feita com a moranga.
Mais ou menos:

  • 1 quilo de abóbora
  • 1 litro de água
  • 1 colher de sopa de cebola picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 tablete de caldo de galinha ou legumes
  • Sal a gosto
  • Creme de leite e salsa para hora de servir


Descasque a abóbora (já fiz com casca e fica muito boa também, só que não tão “lisinha”), corte em pedaços e coloque para cozinhar em uma panela com água. Pode ser a de pressão, mas não há necessidade de cozinhar por muito tempo, pois ela fica macia muito rápido.

Coloque os temperos e depois bata no liquidificador ou com um mixer dentro da própria panela. Quando ficar um creme liso, coloque um pouco mais de água, se achar que ficou muito grosso e coloque para ferver novamente. Acerte o sal a gosto.

Sirva nos pratos com uma colherada de creme de leite no meio e salsa picada.

Reparou que não usei óleo, né? Mas se você preferir pode refogar a cebola e alho antes de bater. Fica até mais saboroso!...é que eu estou tirando o óleo de qualquer receita onde ele não faz tanta falta assim. Aqui já tem o creme de leite e este eu não dispenso..rsrs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer comentar? Escreva aqui.